2-CUIDADOS COM TROMBOSE E EMBOLIA PULMONAR

O QUE É TROMBOSE?
Trombose é uma oclusão dos vasos sanguíneos por algum coágulo de sangue que pode ocorrer em pessoas predispostas. Isso ocorre geralmente durante longos períodos em inatividade, principalmente durante viagens longas, quando uma pessoa permanece muito tempo sentada. É mais comum de ocorrer nos vasos da circulação das pernas e, quando isso ocorre, é conhecida como Trombose Venosa Profunda (TVP). O risco da TVP é provocar embolia pulmonar, uma situação de risco de morte.

Alguns fatores contribuem para a trombose, tais como fatores hereditários, tratamentos hormonais (inclusive anticoncepcionais), cirurgias recentes (especialmente quando envolvem veias e artérias) e episódios prévios de trombose.
Ocorrem cerca de 4,8 casos de trombose para cada mil passageiros em vôos acima de 10.000 km. Em vôos de 5.000 km, ocorrem 1,5 casos a cada mil passageiros.

Ilustração de uma veia com um coágulo (trombo) no seu interior.
Ilustração de uma veia com um coágulo (trombo) no seu interior.


QUAIS OS RISCOS DA TROMBOSE VENOSA PARA OS PULMÕES?
O principal risco de morte relacionado à TVP para os pulmões é provocar a Embolia Pulmonar. Isso ocorre quando os coágulos que estão na circulação das pernas se desprendem e seguem pela circulação até os pulmões. Isso provoca uma oclusão da circulação de sangue nos pulmões.

 
QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DA EMBOLIA PULMONAR?
A oclusão dos vasos sanguíneos pulmonares provocada pelos coágulos impede que o sangue circule pelos pulmões e, como consequência, deixe de ser oxigenado. Com isso a pessoa apresenta muita falta de ar, geralmente de início súbito, com dor no tórax e até expectoração de sangue. A embolia pulmonar é uma situação de extrema gravidade e que pode levar à morte.

 
COMO PREVENIR A TROMBOSE VENOSA PROFUNDA NAS VIAGENS AÉREAS?
Percebe-se que indivíduos obesos, muito altos e que viajam preferencialmente no assento da janela têm maior risco de trombose. Por conta desses e de outros fatores, recomenda-se durante o vôo:
 
  • Escolher o assento do corredor e movimentar ativamente os membros pode aumentar veloc
  • idade da circulação do sangue
  • Realizar hidratação adequada;
  • Evitar o uso de roupas apertadas;
  • Evitar o uso de sapatos apertados;
  • Evitar o uso de álcool e cigarro;
  • Evitar cruzar as pernas enquanto estiver sentado.;
  • Usar meias elásticas;
  • Andar;
  • Utilizar medicação profilática quando indicado pelo médico.
 
O QUE É JET LAG?
É conhecido pela expressão jet lag os efeitos que ocorrem no organismo como resultado das mudanças de fuso horário em longas viagens aéreas: cefaléia, mal-estar, indisposição e fadiga entre outros.

 
COMO REDUZIR OS EFEITOS DO JET LAG?
Para reduzir os efeitos do jet lag, deve-se manter o “relógio biológico” ajustado para o mesmo horário do seu local de origem se a viagem for durar menos que dois dias. Isto é, não se deve procurar adaptar ao fuso do novo local e recomenda-se seguir as atividades, incluindo-se o sono, pelos horários do seu local de origem.

Caso a viagem seja mais longa e dure mais que dois dias, a recomendação é a de procurar adaptar-se o mais rapidamente ao fuso horário do local de destino.

De maneira geral, a adaptação ao fuso e a recuperação do jet lag é mais fácil e rápida quando se viaja na direção do leste para o oeste.

Compartilhar:

CONTATOS

HIGIENÓPOLIS
Rua Conselheiro Brotero, 1539 - Cont. 111

Telefones: 55 (11) 3661-1740 / 3667-1017

SANTANA
Rua Dr. Zuquim, 449 - conj. 74

Telefones: 55 (11) 2973-2440 / 2283-0037

Marque sua consulta

Tira Dúvidas

Inaladores"

Tabagismo"