1986: nascia o boletim Pneumologia Paulista


O editorial da edição de número 2 do “Pneumologia Paulista”, de abril de 1986, assinado por Nelson Morrone e Jorge Nakatani, festeja a edição n.º 1 e a expressiva tiragem de 20.000 exemplares (!!!), patrocinada por um laboratório farmacêutico. No mesmo texto, e com bastante bom humor, os editores criaram o neologismo “pneumologistoconiose” para descrever a preguiça em escrever dos pneumologistas, o que necessitaria de “terapêutica radical”. Podemos verificar pelo mesmo editorial que neste ano de 1986 já se discutia a organização do Congresso Paulista de 1987, cuja filosofia deveria ser a reciclagem e a atualização.
 
Outro destaque da capa é o texto enaltecendo o trabalho do Prof. Dr. Octávio Ribeiro Ratto, que se aposentaria em breve, de autoria de Manuel Lopes dos Santos. No dia 24 de abril daquele ano seria realizada uma cerimônia em homenagem ao professor Ratto na Escola Paulista de Medicina, cujo programa de conferências contemplava temas culturais como Medicina e Sociedade (Prof. Mário Rigatto), Medicina e Pintura como Expressão dos Sentimentos Humanos (Prof. Aloysio de Paula) e História da Tisiologia Brasileira (Prof. Newton Bethlem).
 
No mesmo número há interessante ponto de vista do Prof. Mozart Tavares de Lima Filho, criticando as visitas à beira do leito, prática criada nos hospitais europeus no século XIX. Segundo o artigo do Prof. Mozart, tal prática constitui-se “um desrespeito à personalidade do paciente, o qual toma consciência das dúvidas que nos assaltam, gerando insegurança quanto à nossa orientação”. 
 
Colaboraram ainda naquela edição Eduardo Algranti, Mateus Romeiro Neto, Maria Christina Lombardi O. Machado, Elie Fiss, Alberto Cukier, Vera Lúcia G. S. Volpe, Fernando A. Fiúza de Melo, Ada Maria Dourado, Oswaldo Campos, Makoto Saito e Mário Terra Filho.
 
Vasculhando os arquivos, para nossa surpresa, não encontramos o número 1. O arquivo se inicia no número 2, cuja capa reproduzimos nesta seção. Ao longo do tempo houve interrupções na periodicidade do boletim, sendo que a maior delas ocorreu entre 1988 e 1992, sendo então retomado na gestão de Carlos Alberto C. Pereira. Estas interrupções geraram falhas na sua numeração. Os critérios de numeração também eram diferentes, sendo que a seqüência dos números que adotamos hoje se originou em 1997. Optamos por corrigir nesta edição a seqüência dos anos. Considerando que o boletim foi criado em 1986, estamos hoje no 16º ano desde o seu lançamento.
 
Com o passar do tempo vários formatos se sucederam no “Pneumologia Paulista”, sempre com o objetivo de aperfeiçoá-lo, mas mantendo sempre a tônica da atualização, da reciclagem e da informação do sócio da SPPT sobre as atividades desenvolvidas pela nossa Sociedade. Algumas seções se mantêm desde a sua criação; outras foram criadas, e o que ressalta ao olharmos do alto o longo trajeto percorrido até hoje é o seu importante papel de ser o registro histórico das atividades da SPPT ao longo do tempo.
VOLTAR
Compartilhar:

CONTATOS

HIGIENÓPOLIS
Rua Conselheiro Brotero, 1539 - Cont. 111

Telefones: 55 (11) 3661-1740 / 3667-1017

SANTANA
Rua Dr. Zuquim, 449 - conj. 74

Telefones: 55 (11) 2973-2440 / 2283-0037

Marque sua consulta

Tira Dúvidas

Inaladores"

Tabagismo"